Produções

Apoiar


Em 2013, um grupo de teatro desconhecido surgiu na paisagem cultural portuguesa e disse «Podem as classes dominantes tremer: um fantasma assombra os teatros!». Mas a paisagem cultural portuguesa, que já se sabe, é desconfiada, respondeu numa procuração da Secretaria de Estado da Cultura, que não acreditava em fantasmas. O grupo de teatro não teve outro remédio senão começar sem apoios públicos. Só então se compreendeu que o fantasma era nem mais nem menos que do próprio Karl Marx, resgatado do dramaturgo Howard Zinn para uma adaptação portuguesa. Adaptação portu… quê? Perguntou a paisagem cultural?

Mas já era demasiado tarde: tinha-se formado uma companhia de teatro no coração da austeridade.

Em menos de um ano, «Marx na Baixa» trocou impressões com mais de 5000 espectadores em mais de 15 palcos de Norte a Sul do país. A crítica chamou-lhe “genial”, “impecável”, “cativante”; o jornal Público mencionou a peça entre as melhores de 2014. Em breve, a interpretação de André Levy cruzaria o Atlântico para encantar o Brasil…

Sem apoios públicos nem patrocínios, um grupo de teatro conseguiu levantar do chão uma companhia cujos valores não se compram nem vendem, que não tem medo de fazer ondas e dizer que não aos governos, que fala da política e vive para a mudar. Não admira portanto que a Secretaria de Estado da Cultura não goste mais deles agora, que são Companhia de Teatro Político, do que dantes, quando eram só o fantasma do velhinho Karl Marx. Afinal de contas, as classes dominantes sempre tremeram. Mas Não Matem o Mensageiro: nós somos só o som. De quando salta a rolha. Que nos tapava a garganta.

Há duas formas de ajudares a dar vida à nossa próxima peça!

1 -  Fazendo uma contribuição através da PPL, uma empresa de crowdfunding portuguesa.

2 -  Directamente, através do NIB 0035 0698 00036481 930 24




                            Agradecimentos                         

★ Álvaro Figueiredo, Santarém


★ Joana Nunes, Rio de Mouro


★ Rui Albuquerque, Lisboa


★ Hugo Sousa, Queluz


★ Maria Dávila, Lisboa


★ Pedro Viela, Porto


★ Paulo Neto, Portugal


★ Lúcia Gomes, Lisboa


★ Luís Costa, Queluz


★ Luís Coelho, Sintra


★ Fátima Ceia, Benfica


★ Guicha Barreto, Porto


★ Vasco Sotomaior, Porto


★ Miguel Tiago, Cascais


★ Luís António, Portugal


★ Pedro Ventura, Sintra


★ João Luís Lisboa, Lisboa


★ Abrantes, Portugal


★ Maria Rebelo, Portugal


★ Miguel Jeri, Ovar


★ Alice Jeri, Ovar


★ Teresa Levy, Lisboa


★ Rui Moreira, Lisboa


★ Maria Morgado, Lisboa


★ Vítor Pereira, Sacavém

Não Matem o Mensageiro

Com tecnologia do Blogger.